Arte 5 | A leitura entre os jovens

em 4.12.13
A imagem que selecionei é provocativa para um blog literário (rs), mas gostaria de saber qual é a opinião de vocês sobre ela...


Se frequentam o My Queen Side, são pessoas que procuram acompanhar novidades sobre literatura e, portanto (para nossa alegria), esta charge provavelmente não os represente.

Mas é certo que há grande número de jovens que não têm o hábito da leitura. Para eles, que tipo de livros poderia atraí-los?

Como você passou a se interessar pela literatura?
Partilhe sua opinião!



21 comentários:

  1. Sempre vejo essa pergunta por aí, nunca sei responder hahaha
    Mas acho que foi desde criança, a minha mãe e minha tia sempre me encheram de livro, sempre frequentei a biblioteca da minha cidade. Deixei o hábito de lado na adolescente e voltei com tudo já na faculdade. Uma das melhores coisas que fiz :)

    beijos
    Bia - www.livredujour.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei te ver por aqui, flor. É ótimo saber como o interesse pela literatura surgiu para cada pessoa. A família realmente tem especial papel neste incentivo. Obrigada por sua opinião!
      Beijos!

      Excluir
  2. Fran-sama!
    Realmente é triste que hoje em dia os jovens (como se eu fosse muito velha x_x) se interessem pouco por livros. Mas hoje em dia, infelizmente é assim...
    Bem, como eu passei a me interessar? Foi na quinta série, lembro até hoje quando pisei naquela biblioteca e da minha antiga escola estadual, me encantando automaticamente por aquele ambiente. O primeiro contato que eu tive com um biblioteca foi aos 10 anos, depois disso, fiquei tão conhecida lá que a bibliotecária nem perguntava mais o meu nome. kkk
    Mas comecei a ter apreço mesmo pela literatura quando li Harry Potter, ai sim começou aquela coisa de ler, pelo menos, 100 páginas por dia. *-*
    Porem, hoje em dia eu não tenho mais tanto tempo pra ler como antes, trabalho e outras coisas comem o meu tempo, mas esses dias mesmo varei a noite lendo um livro linds que tem mitologia grega. *-* E não vejo a hora de chegar minhas férias pra mergulhar de cabeça em livros novos. :3

    Besos e quesos, July-chan. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju-flor! Obrigada por comentar!!! Adorei saber que seu interesse pela leitura surgiu mais ou menos com a mesma idade que o meu (rs). Eu sempre tive incentivo para ler por parte da minha mãe, mas confesso que não encontrava especial encanto até realmente ler um livro que me deixou animadíssima a continuar neste universo da literatura (rs). No meu caso, não havia HP ainda (haha). Eu li o livro Cérebro, do Robin Cook. A partir dali, passei a ler todos os livros dele e outros que julgava interessantes. Nunca mais parei.
      Obrigada por comentar!!

      Excluir
  3. Acho que foi lendo clássicos adaptados na quarta série. Eu já gostava de ler, mas lia mais os livros infantis ilustrados da biblioteca da minha escola. Depois vieram os clássicos adaptados, o que intensificou o meu gosto e passei a dar mais atenção à seção de livros "não ilustrados" rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os clássicos adaptados são fato de discussão até hoje. Alguns dizem que a adaptação tira do autor sua essência, mas penso que na verdade permite aos leitores de diferentes idades se encantarem com os livros. Como foi com você, João. Obrigada por comentar! Adorei saber de sua experiência!

      Excluir
  4. Meu irmão tinha um zilhão de revistinhas da Turma da Mônica e desde bem pequena eu me divertia horrores lendo. Quando a escola foi passando os primeiros livros pra gente ler, acabei gostando mais ainda e pedindo pros meus pais comprarem uns pra mim. Foi uma dificuldade, porque ninguém aqui em casa lê livros, rs. Li a biblioteca toda da escola no fundamental (um monte de livro bobinho, Série Primeiro Amor, etc, porque nenhum aluno queria ler, aí nem compraram muitos) e fui montando minha coleção aos poucos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anee-flor! Adoro gibis. Com certeza, são um grande incentivo à leitura. Com diversão, permitem que conheçamos histórias diferentes numa mesma edição. E viva a biblioteca escolar! É uma pena que muitas hoje estejam mal cuidadas, porque com certeza é um especial acesso à literatura para quem não tem muito incentivo à leitura na família. :)
      Obrigada por comentar! Que saudade da Série Primeiro Amor, haha. Li muitos também!

      Excluir
  5. Oi.

    Eu comecei a ler algo aos meus 13 anos ou mais.
    Mas, só comecei a ler sempre a partir de 2012, sim muito pouco tempo.
    E amo esta em meio aos livros porque me trazem coisas muito boas.
    E conheço muitos que não leem e nem sei se leriam uma página sequer.

    Beijos

    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fer! Obrigada por comentar. Eu também me interessei pela leitura mais tarde, mas o encanto por ela foi tão forte quanto se fôssemos íntimas há mais tempo (rs). Imagino que seja o mesmo com você. <3
      Beijo carinhoso!

      Excluir
  6. Well, eu sempre tinha a minha "historia antes de ir dormir" lida por um dos meus pais, foi um passo natural começar eu mesma a ler a dita historia quando aprendi a ler. And it's basically that.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Inês-flor! Obrigada por comentar! Eu sorri bobamente imaginando você tendo sua mãe ou seu pai lendo uma história antes de dormir. Não tive tal experiência, mas acho algo tão terno. *3* Beijos!

      Excluir
  7. Hallo!
    Desde pequenina que era uma chata e andava sempre a correr atrás dos meus pais com livros para eles me lerem. A culpa foi deles, por me terem posto a gostar das histórias lidas por eles. Depois, comecei a crescer e a ler banda desenhada da Turma da Mônica e da Disney. Aos 10 anos comecei a ler os livros para adolescentes de uma coleção chamada "Clube das Amigas", muito conhecida cá em Portugal. Aos 12 anos já passava noites sem dormir, lendo dois ou três livros de cem páginas. Depois passei para livros maiores, com duzentas e trezentas páginas e lia um por noite. Não ia dormir enquanto não terminasse o livro. Se o terminasse e ainda fosse cedo, lia outro.

    Hoje em dia, posso ler 5 livros por dia, como posso não ler nada. Depende. Mas adoro livros. Normalmente, quando pego num livro, só o largo depois de o terminar. Quando compro um novo livro de uma saga, leio todos os anteriores novamente. Quando quero ler um volume de uma saga que já tenha completa cá em casa, também leio todos os anteriores. Sou um bocadinho compulsiva...

    Quando descobri o mundo das fanfics, rapidamente passei somente a ler as terminadas, por não aguentar esperar por novos capítulos...

    Adoro ler. E acho que isso já diz tudo o que é necessário.

    ResponderExcluir
  8. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  9. Oi querida, tudo bem?
    Semana que vem, meu blog Manyélly, estará completando 1 ano.
    E como você é uma das leitoras sempre presentes, queria lhe pedir um favor.
    Na quinta-feira, vou fazer um especial com depoimentos dos leitores,
    e gostaria muito que você participasse. Faz um depoimento dizendo o que você acha sobre meu blog,
    pode ser tanto coisas boas ou não. O importante é você comentar.
    Peço que faça o depoimento e me envie por email, pode ser:
    hieli_gracindo@hotmail.com
    Você aceita? Ficaria muito feliz.
    Fico aguardando, tá?
    Bjs e tudo de melhor para você!!!

    ResponderExcluir
  10. Oi sua linda!
    O meu interesse pela literatura veio quando eu tinha uns 2, 3 anos. Lembro que eu ia brincar na casa de uma amiga e ela tinha muuuitos livros infantis, dentre eles um que nunca esqueço, uma coletânea de capa dura com mais de 20 histórias da Disney. Nem preciso dizer que foi amor à primeira vista. Mas tinha um problema, eu não sabia ler, olhava só as figuras. Como meu irmão, que é 5 anos mais velho que eu, havia acabado de entrar para escola e já sabia ler, eu implorava e chorava horrores para que ele lêsse para mim. O danado era tão ruim, que nunca leu uma palavra do livro para mim. Minha mãe então pegava e lia para antes de dormir. A minha vontade de aprender a ler era tanta que com 5 anos eu insisti para minha mãe me ensinar, para que assim eu sozinha pudesse ler o da Disney. Aprendi a ler com um pouco mais de 5 anos e desde então nunca mais parei. O fato é que não sei se o que me encantou na leitura, naquela época, foi as figuras ou se era o fato de querer desvendar aqueles simbolos que para mim não tinham significado algum.

    Beijos
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    ri muito com a tirinha
    beijos livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi guria maravilhosa.
    Cheguei em um momento muito bom porque tem uma TAG e selinho sobre incentivo a leitura , especial ao My queen Side que pode ser aproveitada principalmente para jovens que não gostam muito de ler ):
    Enfim, vamos falar um pouco de mim só para variar né USAHASUHSAUH
    Eu comecei a ler no ensino fundamental com os livros de romance adolescente que não lembro muito bem,mas acho que os títulos eram sempre iguais e se chamavam "Minha primeira vez" , simplesmente perfeito *------*
    Nunca mais parei de ler depois desses livros e estou viciada até agora xD

    ResponderExcluir
  13. Que boa discussão isso dá, Fran!
    Olha, não lembro bem como comecei a ler. Acho que mais por copiar a minha irmã que lia muito Agatha Christie qdo era adolescente. Também tive a fase dos contos de fadas e, pra falar a vdd, acho que esse foi meu primeiro contato com os livros. Meus pais sempre compraram livros pra nós aqui em casa, mas não me lembro de vê-los lendo muito, não, então acho que não foi por influência, mas por vontade própria que comecei a ler bastante.
    Na minha fase adolescente, YA não existia (pelo menos não da forma que existe hoje) e acho que se existisse, eu teria lido muito mais naquela época (só passei a ser uma leitora mais "ávida" quando entrei na faculdade mesmo).
    E não sei se é só impressão, mas me parece que as crianças e os adolescentes de hoje leem muito mais do que os da minha época (justamente o contrário do que costumam afirmar por aí) e isso é ótimo! Acho que a tendência é o número de leitores aumentar, não diminuir..mas posso estar enganada, sei lá..

    bjs!
    Carla
    http://linhas--soltas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Gente! Espero que realmente não seja assim!
    Pelos menos aqui em casa o pessoal lê bastante!
    Beijão Flor!

    PS:Resenha: Divergente - Divergente - Livro 1 - Veronica Roth
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2013/12/resenha-divergente-divergente-livro-1.html
    Passa lá e comenta! Retribuo a visita! Beijos

    ResponderExcluir
  15. Não lembro quando me interessei pela leitura. Acredito que foi antes de apreender a ler, pois tinha milhões de gibis e não sabia o que significavam as letras, e acabava inventando histórias de acordo com as figuras. Quando estava no colégio, uma papelaria fez uma promoção nos presenteando com um "vale livro", então pedi para a minha mãe me levar lá e encontrei um livro chamado: O Porão. Não lembro muito da estória, mas falava sobre animais que viviam escondidos num porão. Não foi o primeiro livro que li, mas acho que me "marcou" pq foi "de grátis". Quando vi já estava dependente da leitura, é como uma droga, quanto mais você lê, você não se satisfaz. Isso é um vício que nos esvazia os bolsos...

    ResponderExcluir

Que tal deixar seu comentário?
Fico sempre muito feliz ao ler as opiniões dos nossos leitores. Se tiver um blog, informe, pois será um prazer retribuir sua visita.

Posts Relacionados
Posts Relacionados