Citação 5 | Chihayafuru

em 3.2.14
Ontem fui ao cinema e assisti ao filme A Menina Que Roubava Livros. Foi fantástico! Recomendo a adaptação pela sua qualidade fotográfica e do roteirista. Eu faria um post sobre o filme se não encontrasse no blog parceiro Procurei em Sonhos um relato com o qual concordo inteiramente (rs). Quem deseja saber se vale a pena assistir ao filme, convido a conferir o post da blogueira Cássia (aqui).

Hoje
apresento as citações que mais apreciei no anime/mangá Chihayafuru, do mangaká Yuki Suetsugu!


Nesse anime/mangá conhecemos Chihaya, uma garota que acreditava não ter nenhum talento até descobrir o karuta: jogo de cartas envolvendo poesias históricas do Japão. Eu me encantei pelo karuta por ser completamente diferente de qualquer jogo que já vi! É competitivo e exige esforço físico, capacidade de memorização e cultura por parte dos jogadores.

Chihayafuru retrata o desenvolvimento da protagonista e de outros jogadores, sendo repleto de ensinamentos sobre a vitória e a derrota. Além de envolver um triângulo amoroso apaixonante, mas que me deixa maluca! As frases que apresento a vocês me ajudaram em vários momentos. Levei-as para a minha vida como lições. Espero que vocês também gostem!

Confiram:

Frustração não dura para sempre. Ninguém é capaz de continuar em frente sem ter uma recompensa para alcançar.

Não importa o quão chateada esteja, nunca deixe de agradecer o adversário.

Um dia eu quero olhar para trás e dizer que tudo valeu a pena.

Você precisa fazer as coisas que não quer fazer antes de fazer o que você realmente quer.

Uma mulher precisa andar com graça, esteja limpando a mesa ou colocando a roupa para secar. Ou esteja na batalha da vida.


Eu nunca fui boa em nada. Se tem algo em que posso ser a melhor do mundo, acho que vale a pena tentar.

É por isso que odeio gente boa! Eles me dão vontade de ganhar deles! Eles me fazem querer me esforçar mais!

Parece irônico, mas as pessoas com mais orgulho são as que mais se esforçam, querendo sempre dar um passo adiante.

Quando ele diz para si mesmo que falta habilidade... ele acaba vítima da ideia de que não tem talento.

Se eu perder depois de fazer tudo que sei, vou aceitar. O importante é fazer tudo que posso.

Gostou das citações?
Considero que cada uma delas expressa os valores que Chihayafuru transmite. Se você se interessou em assistir, saiba que o anime possui três temporadas – e estou aguardando ansiosa pela quarta. 


6 comentários:

  1. amo anime , beijos
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. CAAAAARA!!! Chihayafuru é o amor da minha vida!! Já assisti ai anime umas três vezes e caço o mangá completo desesperadamente! E eu ainda não decidi se torço loucamente pelo Taichi ou se faço orações ao deus do Karuta pra ela ficar com o Arata, os dois são TÃO fofos! >.<
    Ps.: Eu tenho as cartas karuta traduzidas, se quiser, te passo. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiza Thereza, por favor, eu queria as cartas de karuta traduzidas, eu me interessei muito pelos 100 poemas e queria eles traduzidos! Se puder entrar em contato comigo com a tradução serei eternamente grata! Vou deixar o link do meu face e meu e-mail. Muito obrigada. https://www.facebook.com/aninhacueto
      aninhacueto@live.com.pt

      Excluir
  3. Oi! Quero muito assistir A Menina que Roubava Livros. Nossa, tenho percebido que você ama coisas orientais, né? Tenho uma amiga que é LOUCA pra conhecer o Japão.
    Beijos,

    Letícia
    http://www.odomdaescrita.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Francine,

    Gostei demais do post...e fiquei bem curioso e com certeza vou dar uma conferida nesse anime....excelente dica....abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Que tal deixar seu comentário?
Fico sempre muito feliz ao ler as opiniões dos nossos leitores. Se tiver um blog, informe, pois será um prazer retribuir sua visita.

Posts Relacionados
Posts Relacionados