Vamos falar de… (4)

em 28.7.14
L
eituras anônimas: aquelas que só você acha que lê


Não resisti e dedicarei outro post aos livros. Afinal livro é tudo de bom, né?

Vem cá, você é daquele tipo de leitor que lê de tudo? Lê jornais, livros, revistas antigas, outdoors quando está dentro do ônibus, livros da escola, etc.? Sim? Então, meu amigo, bem-vindo ao mundo dos leitores compulsivos de literatura anônima!

Mas o que seriam as leituras anônimas?


Bem, na minha concepção são as aquelas leituras que provavelmente só você conhece ou uma pequena parte desse planeta já leu. Curioso, não é? Você pode até falar assim: “Ah, Ary, mas ás vezes eu tô lendo um livro ‘super cult’, ué, pouca gente leu mesmo, só os tops leem.” Olha, pra você que ainda acha que ler livro “cult” é sinônimo de ser intelectual e superior, recomendo meu segundo post. Leia e seja feliz.

Continuando, esses dias mesmo eu estava organizando minha biblioteca caseira e me peguei sentada no cantinho lendo um livro fedido e empoeirado sobre os presidentes do Brasil. Aí você se pergunta, por quê?

E eu respondo: não sei! Eu sou uma leitora compulsiva de leituras anônimas, simples. Sabe aqueles livros da biblioteca ou livraria que são pouco divulgados, ou são baratinhos, ou vêm naquelas versões de bolso, misturadas naquela sessão de livros estrangeiros, que são pouco conhecidos e que ficam ofuscados em meio à chuva de best-sellers que têm por lá? Pois é, são os anônimos.

Tem também aqueles livros que já foram de muito sucesso e, hoje em dia, acabam ficando no fundo da estante, esquecidos, tristes, sozinhos.

Mas comigo, não tem dessa! Leio todos!


De verdade, a leitura fica bem mais rica e você sempre vai ter assunto para conversar. O difícil mesmo é encontrar alguém pra te ouvir. Porque tem muito disso, sabe? As leituras mais desconhecidas acabam não atingindo a grande massa de leitores, o que as fazem ser anônimas, consequentemente pouca gente as lê e pouca gente as debate. Triste, mas verdadeiro.

E você?
Costuma ler bastante coisas diferentes e pouco conhecidas? 

Acredite, quando a gente chega na faculdade sabe bem o que é isso. Por isso que de vez em quando eu sempre estou no setor literário nacional e estrangeiro (que é somente uma estantezinha) à procura de alguma leitura diversificada para ler. Nessas férias estou lendo A culpa é das estrelas, que de anônimo não tem nada, e Pássaros Feridos, que de anônimo tem tudo! E eu adoro! É a segunda vez lendo e é meu xodozinho. Estão vendo? Tem leituras que não são tão famosas, mas a gente ama tanto que até relevamos o fato de não ter com quem conversar sobre elas.

Ser leitor é isso, é amar, aprender e fantasiar, não importando o título ou a fama dele!





Adorei o post da Ariadny. Eu sou fã do Robin Cook, um autor que considero anônimo, embora tenha sido muito famoso por ser o estreante do gênero thriller médico nos anos 80. Quais são os autores anônimos que vocês leem?

P.S.
Em comemoração ao Aniversário de 1 ano do blog, não esqueçam que quem comentar nos posts de 25 a 31/07 estará concorrendo ao livro Nunca mais Rachel [veja as regras aqui].

22 comentários:

  1. Oi Ariadny, adorei seu post.
    Eu já fui uma leitora anônima e adorava fazer novas descobertas, ler algo que ninguém conhecia e tal. Eu era bem novinha na época, e era uma super devoradora de livros, uma traça mesmo... kkkk
    Infelizmente hoje em dia, mal tenho tempo de ler o que gosto, pois os livros de parceria me ocupam um bom tempo.
    Bjus
    Lia Christo
    ww.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Lia, te entendo muito bem. Mas quando se trata de ler, nós sempre arrumamos um tempinho, não é?
      Obrigada por ler.
      Abraço.

      Excluir
  2. Olá Ariadny, achei a postagem muito interessante.
    E eu também sou uma leitora de anônimos. Mesmo que não leia tanto assim. Tem muitos livros que eu amo, Destemida é um exemplo e ninguém conhece.
    Posso até querer me pagar de intelectual, mas eu adoro ler algo diferente. Eu tenho o prazer de fazer leituras anônimas. Eu gosto dessa sensação de gostar de algo desconhecido. Sou uma pessoa que gosta de ir contra a corrente.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "ir contra corrente" definição perfeita para a gente! haha
      Obrigada por ler.
      Abraço.

      Excluir
  3. Oiii!!!! Nossa, a maioria das minhas leituras é anonima. Tenho um certo receio desde que li uma grande coleção best seller e detestei. Desde então, tenho apostado em anônimos. Embora eu não conhecesse esse termo. E também tenho um mini sebo na minha casa. já viu então neh? Heheheh. Tem lugar com mais leitura anonima que um sebo? Grande beijo
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sebos ♥ são puro amor. Aqueles livros antigos e desconhecidos, são tudo de bom!
      Obrigada por ler.
      Abraço.

      Excluir
  4. Olá tudo bem? Bem eu sempre leio de tudo, tudo mesmo. Claro que tem os preferidos né! Mas nunca digo nunca para um livro e muito menos desisto por mais que a leitura não seja tão boa =/

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desistir de ler algo jamais! Haha
      Obrigada por ler.
      Abraço.

      Excluir
  5. Me identifiquei muito com esse post. Eu sempre leio de tudo, até bula de remédio! E sempre que vou na livraria fico pescando livros na estante que tá lá no fundão, onde ninguém vai... e é incrível como encontramos jóias raras. Parabéns pela postagem, é uma inspiração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquelas estantes são um baú de tesouros! haha
      Ô linda, que bom que te inspira.
      Obrigada por ler.
      Beijão!

      Excluir
  6. Oi,
    Sou dessas também me identifiquei total adoro livros que estão na moda mas ler livros que pouca gente conhece me deixa bem mais feliz, hahaha é aquele sentimento de MEU. <3
    Claro que também adoro ler revistas,jornais e bula de remédio quando estou com tédio. ¬¬"

    beijos!
    auniversitaria.com
    ps:acabei de conhecer o blog e adorei. já estou seguindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida!
      O bom é ler de tudo mesmo!
      Quem bom que gostou do blog!
      Obrigada por ler.
      Abraço.

      Excluir
  7. Oiee ^^
    O bom de livros anônimos, é que não tem tantos "posers" quanto os não anônimos. Veja só o que aconteceu com os livros do Green *-*
    Gosto bem mais dos anônimos, parece que a leitura é sempre mais calma *-*
    Adorei o post ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, querida.
      Obrigada por ler.
      Abraço.

      Excluir
  8. oi Ari,
    Adorei seu post. Leio alguma coisa de "anônimos" sim, como por exemplo Um caso de necessidade do autor Michel Chricton (criador de Jurassic Park e da série E.R - Plantão médico).
    Mas esses de sucesso, ou aqueles desejados desesperadamente que comprei e acabei não colocando no começo da fila logo, acabam esquecidos na estante mesmo... e tem bastante viu?! Uma dó! rs
    Faça um post contando essas relíquias, vamos gostar de saber mais!
    Beijos
    Chrys Audi
    Blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taí uma coisa verdadeira! A gente sempre volta para aqueles livros anônimos, não é verdade?
      Obrigada por ler.
      Abraço.

      Excluir
  9. Oi Ariadny, tudo bem???
    Que matéria criativa, nunca pensei antes sobre as leituras anônimas. Eu não sou como você não, geralmente leio livros por indicação. Mas eu adoro coisa antiga, sou uma apaixonada por histórias, então, se a sua postagem fosse sobre tesouros, achados, aí sim,, me identificaria, risos...
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah mas essas leituras não são uns tesouros mesmo?
      haha
      Obrigada por ler.
      Abraço.

      Excluir
  10. Olá Ariadny,

    Concordo com você, comecei meu blog porque não via as pessoas resenharem livros que eu lia e acho que ainda muitos livro que tenho muitos não conhecem ou conhecem?...kkk..belo texto...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa internet sem fronteiras a gente sempre encontra alguém quem leu o que a gente leu.
      Obrigada por ler.
      Abraço.

      Excluir
  11. Acho que sou mais do tipo que lê livros mesmo! haha
    Mas em compensação leio compulsivamente. Odeio não ter nada pra ler.

    Beijos

    O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que vale é isso né? Ter sempre um livro de cabeceira... De bolso, de banheiro, de escola... Haha
      Obrigada por ler.
      Abraço.

      Excluir

Que tal deixar seu comentário?
Fico sempre muito feliz ao ler as opiniões dos nossos leitores. Se tiver um blog, informe, pois será um prazer retribuir sua visita.

Posts Relacionados
Posts Relacionados