Resenha 46 | Absoluto

em 22.9.14
Título: Absoluto – Trilogia da Lei, livro 1
Autora: M. S. Fayes
Editora [parceira]: Charme (2014, 218 páginas)
Sinopse: Ela era um fenômeno, como estudante de direito. Ele era o advogado mais temido do estado. Prestes a se formar com honras, Kate se viu imersa no mundo do Direito civil, antes mesmo de estar com seu diploma em mãos. Conhecendo o trabalho do Dr. Gabe Szaloki, ela foi pega, inesperadamente, em uma onda avassaladora de atração, mas ainda assim relutou a se permitir viver esse tórrido romance. Porém, Gabe não era imbatível apenas nos tribunais. Ele queria Kate a qualquer custo e mostraria a ela porque ele sempre saía vitorioso em seus casos. Em meio a casos jurídicos, os dois se enfrentam em um duelo de palavras, que serve apenas para acender a chama incandescente que Gabe sente por Kate. Kate se vê seduzida pouco a pouco pelo poderoso advogado, entregando seu coração de maneira despretensiosa. Maquinações invejosas, um conflito e um mal entendido fazem com que os dois se afastem. E quando a verdade vem à tona, Gabe tem que provar que seu amor por Kate é simplesmente absoluto.

Resenha

Desde que soube do lançamento de Absoluto, interessei-me por lê-lo! Não apenas porque a sinopse e a capa são maravilhosas, mas também por ser de uma autora nacional: M. S. Fayes. Foi uma agradável leitura e estou ansiosa para acompanhar a sua sequência!

Narrado em terceira pessoa, Absoluto nos apresenta Kate Campbell, uma jovem mulher que está concluindo sua graduação em Direito. Sua competência e inteligência garantiram ter sido selecionada pelo seu professor, junto com alguns poucos graduandos, para comparecer numa audiência que contava com a presença de um dos mais ilustres advogados do Estado: Gabe Szaloki. Ela estava animada para assisti-lo ao vivo em ação, mas sua atenção não se limitou à beleza avassaladora dele. Ao mesmo tempo em que se surpreendia com o magnetismo de Gabe, observava alguns elementos que não foram considerados na causa que ele defendia. Isso lhe rendeu produzir um artigo que gerou uma grande repercussão e, logo, seu nome estava sendo amplamente considerado pelos principais escritórios de advocacia como uma profissional promissora.

Antes mesmo de sua formatura, Kate assumira o compromisso de trabalhar para o escritório Foster e Magnum. Ingressar tão rapidamente neste contexto fez com que não demorasse para que seu destino se cruzasse novamente ao de Gabe. A cada encontro entre eles, faíscas de atração e raiva eram perceptíveis. Kate sentia-se irritada com a prepotência e arrogância de Gabe, mas não conseguia negar sentir-se igualmente tentada a deixar-se envolver por ele.

A verdade é que Kate não queria um relacionamento e, tampouco, estava preparada para vivê-lo. No início da leitura, senti-me frustrada com suas atitudes. Ao mesmo tempo que parecia uma jovem brilhante na área do Direito, via-a indecisa e imatura emocionalmente. Não era capaz de impor limites "com classe", deixando-se perder o controle muito facilmente quando irritada. Foi ao longo da história que passei a entender a personagem. Kate Campbell, em certa medida, representa muito das mulheres modernas. A excessiva preocupação com a carreira profissional faz com que as mulheres estejam aptas a responder aos problemas no trabalho, sendo ao mesmo tempo incapazes de lidar com os problemas nos seus relacionamentos pessoais.

Gabe Szaloki, por outro lado, parecia saber quem era e o que queria. Viveu de maneira boêmia até que "a mulher" aparecesse... Foi maravilhoso vê-lo assumir o controle e levar, em vários momentos literalmente, a Kate para a sua vida. Quando decidiu que era ela, abriu todas as portas (da sua casa, da casa de sua família e do seu coração) para deixá-la entrar. Passei páginas e páginas pensando que ele nem precisaria ser bonito para continuar encantador. É impossível não se apaixonar perdidamente por alguém que a faz se sentir única, especial, insubstituível. Gabe Szaloki é absolutamente deslumbrante. 

Um dos pontos altos do livro é a qualidade técnica do enredo. O conhecimento da autora sobre o meio jurídico ofereceu mais veracidade à história! Alie essa qualidade à narrativa fluída da autora e temos uma leitura que nos faz imaginá-la sem esforço. A única razão para não avaliá-lo em cinco estrelas é a previsibilidade do romance, o que não prejudica o desejo de alcançar o ápice da história.

Considerei a versão digital de ótima qualidade! A querida Editora Charme está de parabéns por trazer às nossas mãos uma história como essa e, ainda, valorizar talentos nacionais como a M. S. Fayes. Se você se interessou, vale a pena ler Absoluto.

Avaliação:

Livro cedido pela parceira Editora Charme:


Compartilho os meus quotes favoritos:

– ...se conselhos fossem bons, seriam engarrafados e vendidos no Walmart. (p. 10)

Kate pôde ver em primeira mão como ele atuava verdadeiramente em meio a um caso cível. Ele fazia jus à palavra "passional" em si. Ele era apaixonante de ser observado. (p. 20)

– Não precisa sentir-se culpada em apontar uma falha de julgamento de um colega de classe, Kate – ele disse prontamente. – Embora talvez seja mais apropriado emitir sua opinião de maneira discreta para evitar o sentimento de tirar o tapete de um possível adversário. (p. 56)

Kate não estava preparada para a gargalhada que se seguiu. Ficou surpresa. Quem poderia imaginar que o poderoso Gabe Szaloki ria de forma tão aberta e contagiante? Sua risada enérgica a fez se descontrair e rir um pouco, também permitindo que, enfim, vislumbrasse totalmente o brilho metálico que ela supunha ter visto naquele almoço em que se encontraram. Então, ela não estava louca. Realmente ele tinha uma joia brilhante na língua! (p. 76)

– Chega de conversa fiada, Kate. Assuma para si mesma o que eu já assumi e o que o seu corpo também sabe... – ele disse e seu olhar recaiu para sua boca. (p. 94)

Ela queria um relacionamento. Não naquele momento da sua vida. Mas conseguia se enxergar em uma relação a longo prazo com um amável e tenro parceiro, com planos e sonhos a serem almejados. Uma casa, filhos, uma carreira, tudo conciliado de maneira exemplar. Gabe Szaloki não fazia parte desse pacote de sonhos. (p. 97)

Gabe exalava fúria. Fazia tempo que não era repreendido desse jeito por um juiz. Fazia tempo que não perdia o controle e caía num bate-boca desses. (...) Não sabia descrever o que estava sentindo naquele momento, era frustração sexual e profissional mescladas entre si, não sabia ao certo qual das duas mais se sobressaía. (p. 134)

Algo mudara quando ela estendeu a mão e aceitara a sua, enquanto saíam do carro. Foi como se ela finalmente tivesse baixado toda aquela cautela que a cercava desde que passaram a sair juntos... (p. 152)

Gabe nunca gostara de prolongar o momento pós-orgasmo. Exatamente para evitar dar ideias às mulheres com quem ele se relacionava. Mas com Kate, ele simplesmente achava que não poderia ter o suficiente. Ele queria mais. Ele queria tudo. (p. 168)



Gostou da resenha?
Comente se leu ou leria o livro!



17 comentários:

  1. Oi Fran assim que vi que você tinha postado a resenha de Absoluto, vim correndo aqui no seu blog para saber o que você tinha achado da obra, a Charme também é parceira lá do meu blog e recebi o livro de parceria também, li e gostei muito da obra estou de pleno acordo com sua opinião, também acho que o conhecimento da autora sobre o meio jurídico deixou a historia mais rica. Também classifiquei o livro como 4 estrelas por ser bem previsível, mas como você mesma disse, a previsibilidade da obra não estraga a leitura de modo algum.

    xoxo

    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei do livro, até porque sou uma romântica incorrigível e adoro essas história meio dramáticas em que o casal demora pra perceber que tem que ficar junto e tudo o mais.
    Só achei estranho a autora ter escolhido esses nomes já que ela é brasileira, mas fazer o que...

    Beijos Fran!!!!



    Raíssa Martins - O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter
    Instagram: @ooutroladodaraposa

    ResponderExcluir
  3. Oi Fran, confesso que logo de cara foi a capa que me encantou, por que será né? kkkk
    Mas também gostei da sinopse e pelo visto o livro vale mesmo a pena.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  4. Oi flor, a capa me chamou a atenção, o enredo então é bem bom em? Gostei da história, é bem diferente do que estou acostumada a ler, mas como gosto de diferença nas leituras, vou anotar aqui.

    Amei a sua resenha, bem instigante, arrasou linda.


    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Fran!!!
    Apesar de já ter ouvido falar muito de você como blogueira, ainda não tinha feito uma visita aqui no seu cantinho. E menina, amei!!! Parabéns pelo blog, amei-o de paixão e estou aqui babando pela sua escrita. Muito clara, objetiva e ao mesmo tempo, repleta de sentimentos. Pude notar o que vc sentiu ao ler.
    Absoluto já está no meus desejados. A Taty me falava muito bem dele, e foi ótimo analisar outro ponto de vista tão fascinante.
    Beijos e estarei sempre por aqui,
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei bastante do livro e concordo com vc em relação a Kate ;) Além disso, adorei a analise que vc fez do livro.

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  7. Fran-linda! Que resenha ótima! Sempre tive vontade de ler este livro e agora sei que vou adorar. Estou achando um pouco chato isso de os personagens ficarem brigando e depois acabarem juntos. Mas fazer o que né! E, somente por sua resenha sei que é um leitura incrível e ele o cara da minha vida rsrsrs

    Beijos
    www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  8. Ha um tempo atras vi os lancamentos da editora charme.
    Mas ainda n li nada deles.
    Definitivamente vou ler esse..
    Bjs
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  9. Olá Fran!
    Mais um Romance. Aí, como eu gosto dessas coisas!
    Só ler uns quotes do Gabe já estou me apaixonando por ele. Quem dera os personagens fossem reais. (Sempre penso isso, ainda mais em relação aos meus.)
    O contexto jurídico também me atrai um pouco, deve ser porque é o curso que meu namorado faz: direito. haha
    E essa capa? Comprava só pela capa! :3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi Francine,
    Bom, eu gosto de livros que tenham advogados em ação. já li muitos e cada um me pegou de um jeito. gostei muito de sua resenha e achei o livro interessante com os personagens bem delineados. me deixou curioso.
    bjs.

    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Fran lindona adorei a resenha quero muito ler esse livro, lis algumas resenhas e foi puro elogio a autora e sua história . As quotes são lindas . Romance são sempre meus preferidos hehe . Engraçado que é bem isso que você comentou as vezes é tanta segurança na área profissional que no sentimental nos perdemos as vezes coisas de mulheres 1001 utilidades rsss. beijos

    Joyce

    ResponderExcluir
  12. Muito bom, Fran! Gosto de romances com "ambientações" marcantes que dão um que a mais a narrativa, epero poder ler Absoluto. Ótima resenha.

    Dany
    A Thousand Lifetimes

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Infelizmente não é o itpo de livro que gosto. Para mim parece bem previsivel e cliche, pois há tantos outros parecidos. Mas gostei do ponto alto ser a qualidade tecnica da história, isso faorece bastante a leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Fran-querida, tudo bem?
    Assim como você, também me interessei pela obra assim que soube sobre seu lançamento! O enredo realmente parece prender e 'cativar' quem o lê. Recebi a versão digital da Editora, mas ainda não tive tempo para lê-lo (e espero fazer em breve, principalmente depois dessa sua resenha de dar água na boca!). Fiquei feliz em saber que tudo é bem explicado e que prende a atenção do leitor do início ao fim.

    Mil beijos e uma maravilhosa semana,
    Cássia :*
    Blog Procurei em Sonhos

    ResponderExcluir
  15. De fato o final parece ser bem previsível e o contexto em si, mas já diversas resenhas positivas dele, principalmente pelo fato que você citou, que a autora tem conhecimento sobre os fatos jurídicos. Adorei a resenha.
    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Oi Fran!!
    Minha linda, eu adorei esse livro, muito mesmo, não imaginava que ia me envolver tanto com a história quando peguei para ler, acho que li ele em um dia, devorei. Amei sua resenha, Absoluto é um nacional maravilhoso mesmo e de muita qualidade, sou louca pelo estilo, mas acho que até quem não curti muito o hot, ia se encantar com essa história de amor!
    Beijosssssssssssss Fran-flor!

    ResponderExcluir
  17. Oi Francine, tudo bem?

    Absoluto é no mesmo esquema dos demais romances eróticos que tem no mercado literário atual? Porque sinceramente eu to saturada disso aí hahaha.

    Beijos

    ResponderExcluir

Que tal deixar seu comentário?
Fico sempre muito feliz ao ler as opiniões dos nossos leitores. Se tiver um blog, informe, pois será um prazer retribuir sua visita.

Posts Relacionados
Posts Relacionados