Resenha 67 | O Grande Ivan

em 21.1.15
Título: O Grande Ivan
Autora: Katherine Applegate
Editora [parceira]: Novo Conceito (2014, 288 páginas, Selo #Irado)
Sinopse: Meu nome é Ivan. Eu sou um gorila. Não é tão fácil quanto parece...
Ivan mora dentro de um shopping e nunca tinha pensado em voltar para a natureza até o dia em que a pequena Ruby, um filhote de elefante, foi comprada pelo dono do circo.
Baseado em fatos reais, O GRANDE IVAN é uma história deliciosa, cheia de humor, ao mesmo tempo doce e inteligente, sobre os direitos dos animais e sobre a força da amizade.
Não importa quantos anos você tem... Você deveria ler este livro hoje, agora mesmo. Aliás, o que você está esperando para começar?

Resenha
[1ª leitura de janeiro – Maratona Literária #EuTôDeFérias]

O Grande Ivan me conquistou pela capa e, depois, pelo anúncio de que se tratava de um livro premiado no gênero infantil*. Confesso, no entanto, que não estava preparada para a história que encontraria em suas páginas. E nem pensei que precisasse me preparar para um livro dedicado às crianças.

Uma verdadeira lição sobre amizade, é o que tenho a dizer. E não me refiro somente àquela amizade que nos enche da mais profunda alegria, mas aos amigos que tivemos e – em algum momento da vida – se tornaram menos que isso. E, também, aos amigos que não têm nada a oferecer além da sua companhia e isso, para nós, é o mais precioso presente.


Esse livro é narrado em primeira pessoa pelo seu protagonista, Ivan, um gorila das costas cinza-prateadas que está há 27 anos preso numa espécie de circo dentro de um shopping. Ivan não é como nós, humanos, e isso é óbvio desde as primeiras páginas. Ele não se preocupa em dar sentido a tudo e nem a todas as palavras. Na verdade, Ivan é simples, de um jeito que encanta – e também de um jeito que nos faz pensar como nós parecemos gostar de complicar as coisas.

Em sua simplicidade, Ivan reflete sobre sua própria condição: enjaulado, sem lembranças do seu passado, seguindo a rotina do shopping e à mercê dos caprichos de Mack – seu dono/cuidador. A narrativa da autora é tão objetiva quanto um gorila poderia ser e o livro pode ser lido em apenas um dia, mas sua história promete ecoar nos corações dos leitores por muito mais tempo.

Os amigos de Ivan são um cão vira-lata chamado Bob e uma elefanta idosa, que mora na jaula ao lado, chamada Stella. A amizade desses três animais é maravilhosa e um expressa preocupação pelo outro, mas nenhum deles procura contrariar as expectativas de Mack. Até que um dia Ruby, uma filhote de elefante, chega ao circo e a ingenuidade, a inocência e a doçura dela provocam uma mudança irreversível. Poderia, Ivan, aceitar que a pequenina elefanta permaneça presa pelo resto de sua vida – tal como aconteceu com ele?


Essa é uma história que nos faz pensar sobre o valor da liberdade para viver sua própria identidade. Quantas vezes adestramos animais selvagens apenas para que se tornem divertidos? Quantas vezes nos habituamos a uma rotina que nos é imposta e esquecemos a habilidade de sonhar? Quantas vezes podemos dizer, com convicção, que fizemos algo corajoso por outro ser? Não havia melhor título para esse livro, porque Ivan realmente possui uma GRANDEZA comovente! Nesse livro, a autora nos presenteia com um paradoxo: nunca um animal foi capaz de tamanha HUMANIDADE quanto o gorila Ivan.

Chorei ao final do livro e me vi louca para que a minha afilhada cresça mais um pouco para poder lê-lo logo. O Grande Ivan é uma obra na qual o leitor exercita a empatia, colocando-se no lugar não apenas do Ivan, mas de todos os outros personagens que aparecem na história.

Uma leitura primorosa! Eu me emocionei ainda mais ao descobrir que o livro foi inspirado na história real do gorila Ivan, que em 1962, aproximadamente, foi retirado da selva para ser enjaulado por longos 27 anos, até que a população se mobilizou pela sua reinserção na natureza. Sou agradecida porque Katherine Applegate sentiu que alguém devia dar voz àquele gorila.


A narrativa da autora não traz descrições desnecessárias e os capítulos são muito curtos, tendo às vezes apenas um parágrafo. Por isso, a leitura é rápida. O livro vem repleto de imagens em preto-e-branco, que o tornaram ainda melhor para as crianças. A capa dura é um fator de beleza enorme ao livro e todos os demais aspectos gráficos estão impecáveis. Recomendo muito essa leitura!

Finalizo essa resenha com as palavras da autora:
Pelo menos neste livro, espaço no qual tudo é possível, eu quis dar a Ivan (mesmo enquanto era mantido atrás das paredes de sua minúscula jaula) uma voz e uma história a ser contada. Eu quis dar a ele alguém para proteger e a oportunidade de ser o poderoso gorila das costas cinza-prateadas que ele nasceu para ser. (p. 284)

*O livro foi publicado em inglês em 2012 e ganhou o Newbery Honor de 2013, prêmio anual da Association for Library Service to Children. Traduzido, O Grande Ivan, chegou ao Brasil em dezembro de 2014.

Agradeço o carinho da Editora Novo Conceito em me oferecer esse exemplar de cortesia.

Avaliação:

Compartilho os meus quotes favoritos:

Os humanos desperdiçam palavras. Eles as jogam como cascas de bananas e as deixam apodrecer.
Todos sabem que as cascas são a melhor parte da banana. (p. 12)

Com o passar dos anos, aprendi a entender as palavras humanas, mas entender o que os humanos dizem não é a mesma coisa que entender os humanos. (p. 13)

Meu domínio fica em um dos lados desse anel. Vivo aqui porque sou gorila demais, não sou suficientemente humano. (p. 15)

Infelizmente eu não sei ler. Mas gostaria de saber. Ler histórias seria uma ótima forma de preencher minhas horas vazias. (p. 17)

Durante todo o dia, vejo humanos correndo de uma loja a outra. Entregam aqueles papéis verdes, secos como folhas velhas e com o cheiro de mil mãos. Dão esses papéis e recebem outros desses papéis de volta.
Eles caçam loucamente, perseguindo, empurrando, resmungando. Depois vão embora, segurando sacolas cheias de coisas – coisas brilhantes, leves, grandes. Mas não importa quão cheias estejam suas sacolas: eles sempre voltam para buscar mais coisas.
Os humanos de fato são inteligentes. Eles giram um aparelho e produzem nuvens rosadas que você pode comer. Constroem domínios com cachoeiras lisas.
Mas são péssimos caçadores. (p. 22)

Sei o que a maioria dos humanos pensa. Eles acham que os gorilas não têm imaginação. Acham que não nos lembramos do nosso passado e que não pensamos em nosso futuro. 
Para dizer a verdade, acho que eles têm razão. Acima de tudo, penso no que é, e não no que poderia ser.
Aprendi a não ter muitas esperanças. (p. 29)

Com o passar do tempo, você acaba se acostumando a quase tudo. (p. 31)

...é difícil ficar contente quando você acha que não existem outros iguais a você. (p. 34)

– Eles acham que sou velha demais para causar problemas – diz Stella.
E então ela complementa:
– Mas a idade é um disfarce poderoso. (p. 40)

Não sei por que as pessoas conversam comigo, mas elas fazem isso. Talvez seja por acharem que eu não as entendo. (p. 51)

– As lembranças são poderosas – acrescenta Stella. – Elas nos ajudam a ser quem somos. (p. 60)

– Os treinadores no circo a acorrentavam no chão, Ivan. Todas as quatro patas. Vinte e três horas por dia.
Eu me pergunto como isso poderia ser uma boa ideia. Sempre tento achar uma explicação para o que os humanos fazem.
– Por que eles fariam algo assim? – finalmente pergunto.
– Para destruir a natureza dela... (p. 81)

Ao contrário dos humanos, os gorilas não dão nomes aos filhos assim que eles nascem. Primeiro conhecemos nossos bebês. Esperamos para vê-los dar sinais de como serão. (p. 122)

O crescimento de um gorila é como o de qualquer outra espécie. Você comete erros, brinca, aprende. E faz tudo outra vez. (p. 125)

E o melhor de todos em minha opinião:
...em vários dias, esqueço do que eu supostamente sou. Sou humano? Sou gorila?
Os humanos têm tantas palavras. Mais do que precisam.
E, mesmo assim, eles não têm um nome para o que eu sou. (p. 139)


Interessou-se pelo livro?

Curta a fanpage da Editora Novo Conceito:

Gostou da resenha?
Comente se leu ou leria esse livro!


25 comentários:

  1. Oi, Francine!
    Já tenho certeza que vou chorar com essa lindeza...
    Na verdade, quase choro com as resenhas, hahaha.
    Ainda mais sabendo que foi inspirado numa história real.
    Bom saber que há livros tão bons para crianças (e adultos que adoram uma leitura adolescente e infantil, meu caso!).
    E que lindo! Não sabia que ele era todo desenhado assim. *.*

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oiee ^^
    Ok, está decidido, eu quero esse livro! Não dei muita bola quando ele foi lançado, mas só nesta semana já encontrei 5 resenhas dele, e as cinco falaram super bem da história e dos personagens. Estou muuito curiosa para ler. Não sabia que era inspirado em história real *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiee

    Eu também já li este livro e amei a escrita da autora realmente é um livro que vai encantar a todos, eu adorei este livro e recomendo para todas as idades.

    Beijos
    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Francine! :D

    Nunca tinha ouvido falar desse livro, acredita? Mas adorei tudo o que você falou sobre ele, e ainda mais por saber que é baseado em fatos reais! Me deixa ainda mais curiosa pela história, rs. Não sei se o leria neste momento... mas, com certeza, comprarei para minha irmã mais nova! Talvez seja um bom livro para incentivar a leitura desses jovens, não? *-* Adorei a resenha!

    Beijos,
    Ana M.
    www.vicioemlivros.com

    ResponderExcluir
  5. Que livro bacana. Vou comprar, mesmo não tendo criança em casa. Gosto muito das histórias infantis. Bjos, Fran.

    ResponderExcluir
  6. Oi oi!
    Adoro livros infantis, tenho que confessar hahahahaha
    Ainda não conhecia O Grande Ivan e adorei conhecer, a história parece realmente nos oferecer uma grande lição e já vou correndo comprar!!
    Beijos, amei a resenha e a dica,
    http://www.thousandlivestolive.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Fran. infelizmente ainda não li este livro, mas tenho muita curiosidade, pois estou adorando as resenhas que tenho lido dele. O selo #irado tem me surpreendido de uma forma bem positiva, não só em relação a qualidade da diagramação dos livros, mas também por seus enredos.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  8. Cara, este livro parece incrível! E sua resenha está impecável - como sempre.
    Muito criativa uma história narrada pelo ponto de vista de um gorila! Achei isso genial. Acabei de adicioná-lo à minha lista de desejados do skoob, espero poder comprá-lo o quanto antes.
    Adoro o My Queen Side, sinto-me acolhida aqui <3
    Sucesso, sucesso!

    Beijos,
    Vitoria
    lonelyfireflies.blogspot.com

    P.s: dê uma olhadinha no teu e-mail. Você encheu meu coração de felicidade assim que li seu comentário em minha web!

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro estar por dentro do mundo da literatura infantil para ler para minha Lulu ela adora e desde quando vi os anúncios deste livro fiquei empolgada.
    Adorei os quotes ficou lindo,e me inspirou em adquirir o livro,uma ótima dica de leitura.
    http://magiasbook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Fran!
    Ahh meu Deus, a capa desse livro ja fala tudo. Tão fofa, tão bem trabalha e tão sedutora! Só a capa já me garante que terei cisco nos olhos ao finalizar. Vi uma resenha no blog da Sharon, e ela basicamente disse a mesma coisa que você, sobre a narrativa ser rápida, e das lindas figuras. E esses quotes meu Deus! To roubando alguns pra mim.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Fran!
    Ahh meu Deus, a capa desse livro ja fala tudo. Tão fofa, tão bem trabalha e tão sedutora! Só a capa já me garante que terei cisco nos olhos ao finalizar. Vi uma resenha no blog da Sharon, e ela basicamente disse a mesma coisa que você, sobre a narrativa ser rápida, e das lindas figuras. E esses quotes meu Deus! To roubando alguns pra mim.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  12. Oiee
    Eu tenho sobrinhos e adoro comprar livros e ler para eles. O Grande Ivan está na minha lista já há algum tempo, porque trata de uma história com várias mensagens tanto para a criança quanto para os adultos :)
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi Francine!
    Confesso que esse livro não me atraiu, mas pelo que tenho visto ele tem agradado a muitos leitores.
    Quando terminamos uma leitura e mal podemos esperar para que alguém de quem gostamos leia também é que sabemos que temos um livro especial em mãos, não é mesmo?
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Fran, tudo bem, minha flor...

    Bom esse livro eu não leria... porque não faz o meu tipo... porém acho ridículo essa maneira que tratam os animais.. eles são bichinhos e mesmo com o tamanho não importa não merecem viver presos... e ainda em péssimas condições... sou totalmente contra... Eu mostrei para a Nicole... minha filha... e ela disse que não é mais criança... ela tem 11 anos... e depois que eu comecei a ler em voz alta ela se interessou... e acredite leu ele inteiro hoje enquanto fomos na livraria cultura... não sei menina só sei que ela devorou o livro... enquanto eu me enroscava no meu kkkkkkk . Sua resenha foi fofa... que bom que gostou e que a leitura te trouxe algo de bom... Xero!!

    ResponderExcluir
  15. Oi Fran!

    A colunista do meu blog irá ler O Grande Ivan e estou ansiosa para saber a opinião dela, somente não o li porque não faz o meu estilo, mesmo tendo boas qualidades e uma história envolvente, não me atraiu. Enfim sua resenha está linda, revelando os bons pontos do enredo. ;)

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  16. Olá Fran-linda, que resenha mais bela.
    Simplesmente amei a premissa do livro, parece ser uma história tão emocionante e cativante. E amo livros com personagens animais e espero ler este livro. E espero gostar como você gostou.
    Beijos, muito sucesso!
    http://chuvaelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Ai eu amo livros com historias de animais, quero muito ler esse livro, vou ja incluir na minha lista, bjos <3

    ResponderExcluir
  18. Oie, tudo bom?
    Eu acho a proposta desse livro tão bonita e todo mundo que leu se emociona com a história. A situação do Ivan faz a gente refletir um pouco e estou curiosa para conhecer também a narração que ele faz. Realmente o título parece ter tudo a ver com o protagonista.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi,
    Essa é a segunda resenha que leio, confesso que quando recebi não dei muita atenção pra ele, mas vejo aqui que estou perdendo um história tão linda que acabo ficando com aquela vontade de ler agora. Me empolguem com a narração da autora que parece ser um ponto positivo da história, as imagens e o trabalho gráfico realmente é lindo.
    Parabéns pela resenha, adorei os quotes escolhidos.
    Beijos Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  20. Oi flor linda, tudo bem?

    Segunda resenha que leio desse livro e cheguei a conclusão que quero comprá-lo para meu pequeno, apesar dele ainda não saber ler, ele irá gostar de ouvir essa história.

    Amei sua resenha.

    bjs

    ResponderExcluir
  21. Fran - linda, é impossível não se apaixonar por sua resenha. Recentemente li Flora Hen e ele entrou para minha lista de livros favoritos do ano. E pelo que li de sua resenha amarei a leitura deste e já estarei um pouco mais preparada quando o ler.

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  22. Nossa, esse livro parece ser incrível mesmo, só vejo resenhas positivas. E não é a primeira vez que vejo um livro infantil se tornar algo tão incrível e uma verdadeira lição de vida.
    Quero muito ler, e conhecer o Ivan. Saber que foi baseado em fatos reais só aumentou minha curiosidade.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi Fraaaaan! <3

    Aaaai... Depois de ler sua resenha e os quotes que escolheu, fiquei com vontade de abraçar o livro! ^_^
    Pobre Ivan!
    Preso para sempre e desde sempre como se fosse um criminoso. Privado de viver e ser feliz.
    Este vai para a Estante do Kevin! <3

    Beijokinhas!

    ResponderExcluir
  24. Olá Fran!
    Eu sempre vejo resenha sobre esse livro e todas são positivas.
    É uma história muito linda e que deve prender o leitor.
    Gostei das fotos das ilustrações que você colocou na resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Fran!!

    Mesmo o livro sendo tão emocionante e falando sobre amizade verdadeira,eu não consigo ler livros sobre animais,eu travo e a leitura não rola,eu já li muitas críticas favoráveis ao livro como a sua,mas não consigo me interessar por ele.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir

Que tal deixar seu comentário?
Fico sempre muito feliz ao ler as opiniões dos nossos leitores. Se tiver um blog, informe, pois será um prazer retribuir sua visita.

Posts Relacionados
Posts Relacionados