[Primeiras Impressões] A Mais Pura Verdade

em 23.2.15
Tive
a alegria de receber da Novo Conceito as primeiras 95 páginas do livro A Mais Pura Verdade – que tem seu lançamento agendado para 23/03!

Vamos conhecer o livro?


Título: A Mais Pura Verdade
Autor: Dan Geimenhart 
Editora: Novo Conceito (2015, 224 páginas)
Compre na pré-venda: Amazon; Submarino; Extra; Saraiva; Travessa
Sinopse: Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.
Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.
Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça.
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.

Confira as minhas primeiras impressões:

O gênero sick-lit sempre me encantou... Considero ser um dos estilos literários que mais tem a nos ensinar sobre o que realmente importa na vida. Por isso, quando conheci o Mark – protagonista de A Mais Pura Verdade – soube, logo pelas suas primeiras palavras, que o meu coração se encheria de compaixão por ele.

Mark é um garoto de apenas 12 anos, que possui uma doença grave desde muito pequeno. Sua vida foi repleta de obstáculos, tais como não conseguir ir à escola ou brincar normalmente. Ele tem uma melhor amiga chamada Jessie, que sempre procurou animá-lo e apoiá-lo, e um cão (que é o melhor do mundo!) chamado Beau. Infelizmente, Mark recebe a notícia de que sua saúde não irá melhorar e, então, decide sair em busca da realização do seu sonho!

Ele foge de casa para escalar o Monte Rainier, que fica a muitos quilômetros de onde mora. Seus pais sofrem muito com a fuga de Mark e a polícia está tentando encontrá-lo, mas o garoto está decidido a tornar seu desejo realidade. Beau, seu pequeno cão, é um grande companheiro! Ele vai com Mark viajando de trem, ônibus e até mesmo desbravando ruas perigosas em uma cidade desconhecida.

Deslizei minha mão para dentro da mochila a fim de fazer carinho nas orelhas de Beau. Sua língua quente e macia lambeu minha mão. Ele era um cão tão bonzinho. Fechado em uma mochila, sentindo cheiro de comida de barriga vazia e ainda lambia minha mão. Lágrimas indesejadas brotaram dos meus olhos. O amor de Beau, de alguma maneira, trouxe à tona toda a minha tristeza reprimida. (p. 24-25)

Eu me senti seguindo os passos de Mark, impotente e assustada por ele. A narrativa é em primeira pessoa e toda a solidão, o medo e a dor do personagem parecem apertar nosso coração. Eu quis abraçá-lo, confortá-lo e até mesmo ser a alma caridosa que o levaria até o Monte Reinier, mas ao mesmo tempo quis sacudi-lo e fazê-lo perceber que deveria voltar para o conforto e a segurança do seu lar. A verdade é que me senti dividida entre respeitar a coragem de Mark ou protegê-lo da loucura dessa aventura.

Entre os capítulos, o autor narra em terceira pessoa os acontecimentos que envolvem os pais de Mark e sua melhor amiga, Jessie. Vemos o desespero que a fuga dele causou e o quão dividido está o coração de Jessie, que começa a desconfiar sobre o seu paradeiro. Jessie deveria interferir e contar para todos ou deveria permitir ao Mark viver seu sonho? A dúvida de Jessie é, também, a dúvida do leitor. Se pudéssemos interferir no futuro de Mark, escolheríamos incentivá-lo a viver sua última grande aventura ou protegê-lo do mal que isso está lhe custando?

O que uma amiga deveria fazer?
Como ajudar quando ajudar e ferir são a mesma coisa?
(p. 85)

95 páginas foram suficientes para me fazer apaixonar pelo Mark e seu cão! Mas, ao mesmo tempo, foram tão poucas... Quero muito saber qual será o final da história – embora sinta medo de como ela termine.

A capa é lin-da! Azul e cheia de significados. A diagramação e a revisão estão ótimas! A contra-capa do livro traz uma lista do Mark, o que já nos deixa ansiosos pela leitura. Com certeza, é um livro que não decepcionará. 


Confira os meus quotes favoritos:

Mordi o lábio, com força. Podia senti-lo tiquetaqueando na minha mão. Tique. Taque. Tique. Taque. O tempo se esgotando.
Isso é uma coisa que eu não entendo: por que as pessoas gostam de levar consigo uma coisa que as faz lembrar de que suas vidas estão indo embora. (p. 11)

Normalmente, a polícia não sai atrás de uma criança desaparecida há apenas algumas horas. No entanto, quando sua mãe contou a eles sobre Mark, sobre sua história, eles prestaram um pouco mais de atenção. Quando ouviram o que os médicos haviam dito, ouviram com muita atenção. Quando descobriram o bilhete que ele deixara, deram toda a atenção do mundo. (p. 17)

Mesmo a muitos quilômetros de distância, 
um amigo ainda pode segurar sua mão
e estar ao seu lado. (p. 27)

Beau era um cão pequeno. Mas tamanho não é documento quando o assunto é defender o dono. (p. 45)

Isso é uma coisa que eu não entendo: por que desistir sempre parece bom até que você o faça. (p. 63)

...mentir para pessoas boas sempre dá uma sensação ruim. (p. 64)

– É como se, sei lá, eu levasse um pedaço de vida comigo. Todas essas coisas acontecem, todos esses pequenos momentos passam por nós e vão embora. Então você vai embora. (...) Mas, quando você tira uma foto, aquele momento não passa. Você o prende. É seu. Você pode guardá-lo. (p. 78)

Isso é o que eu não entendo: por que todo mundo faz um escarcéu tremendo com relação à morte.
Morrer e viver. É tudo uma bagunça. Essa é a mais pura verdade. (p. 93)

O
lançamento oficial ocorrerá em 23 de março nas livrarias. Que tal garantir seu exemplar na pré-venda? Compre-o:


Para acompanhar as novidades, curta a fanpage da Editora Novo Conceito:

E aí?
O que acharam de A Mais Pura Verdade!?
Sentiram, também, vontade de ler esse precioso livro?

23 comentários:

  1. Ai meninas, gênero sick-lit dói na alma. Quero ler mais livros no estilo mais tenho um filhinho que tem problema de saúde desde bebezinho, então fico numa agonia lembrando do que ele já passou... Mais o Mark é um sapequinha vai deixar a família dele maluca, sem dúvida alguma, vou tentar ler esse, beijocas e até mais!

    ResponderExcluir
  2. eu também recebi esse livreto e olha me emocionou bastante, acho que por se tratar de uma criança a gente não imagina uma situação tão triste assim, mas vamos ver como termina o livro.espero não chorar muito.rsrsrs..

    BEIJOSSsss...

    http://sonhosdeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. olá, este promete ser mais um daqueles lançamentos da editora que tocam o coração e levam lágrimas aos olhos! espero que a história emocione tanto quanto a prévia demonstrou
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Fran
    Gostei muito dessa capa, e achei a sinopse bem interessante!
    Quero adquirir o livro!!
    Beijao
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Fran :)
    Também recebi essa amostra e li num piscar de olhos, devorando a história, louca para saber o desfecho. O personagem me comoveu, é deveras sensível, deu vontade de pegar no colo. O cachorro, OMG! Amo cachorros, nem vou me alongar. Então nem preciso falar mais não é? Quero o livro todo, depressa. Adorei saber o que você achou, sempre é gostoso ler suas impressões aqui no blog.
    Beijocas
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  6. Amiga já li tantas impressões positivas sobre o livro que agora só está faltando o meu para ser postado, mas tenho que ser sincera, já estou enjoada de ver tantos comentários sobre esse livro, porque todos os blogs estão postando, parece até uma epidemia hahahaha...Mas mesmo assim eu estou ficando curiosa quanto a história, pois o pessoal tem falado maravilhas e espero começar a ler o meu ainda esse mês, pelo menos irei tentar sabe?
    Mas mesmo assim tenho que te dar os parabéns pelo seu ponto de vista, porque me agradou bastante. E olha, falei com vc no facebook, mandei email, agora não me lembro, e vc nem me retornou =[ Mas espero que esteja tudo bem e que nossa amizade esteja firme e forte o/

    beijinhos

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/02/resenha-o-presente_24.html

    ResponderExcluir
  7. Francine, eu li essa amostra e também me encantei por Mark. Apesar da loucura de sair rumo a tal montanha, achei esse menino muito corajoso para tão pouca idade que tem. Realmente é um livro emocionante!

    Beijinhos!
    www.citacaonumclick.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Fran-linda!
    Assim como você também estou encantada pela história de Mark, não vejo a hora de ler como termina essa história.
    Mais uma excelente sacada da Novo Conceito!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Fran assim como você a impressão é que esse livro vai nos deixar uma grande lição de vida , adorei o que li até agora. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  10. Adoro livros que me fazem usar a imaginação e ainda tração uma grande lição de vida.
    www.satisfashionbrazil.com

    ResponderExcluir
  11. Olá Fran!
    Ficou quase como um "Li até a página 100 e...".
    Gostei bastante do que contou da história e me interessei muito por ela.
    E esse nome de personagem, Mark, eu devo ter uns três com esse nome. haha
    E essa capa é uma graça!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi Fran.
    Ao contrário de você, eu não sou muito chegada a sick-lit, já vou pra leitura tensa, prevendo lágrimas e lencinhos.
    Mark não poderia ter escolhido companhia melhor pra sua fuga, eu me encantei com o pobre cãozinho e fiquei com pena dele enfiado naquela bolsa...tadinho rsrs.
    Eu também senti vontade de dar umas sacudidas em Mark e mandá-lo de volta pra segurança de seu lar.
    Não vejo a hora de saber qual será o desfecho dessa aventura.

    Beijos.
    Leituras da Paty


    ResponderExcluir
  13. Francine, tudo bem?
    Só se fala em A mais pura verdade. A minha amostra ainda não chegou, então estou me corroendo de ansiedade. Adoro livros do gênero sick-lit, adoro sofrer com histórias assim, então mal posso esperar para poder finalmente acompanhar Mark em sua incrível e intensa jornada.
    E a capa está realmente linda!

    Beijo,
    João Victor - Amigo do Livro
    http://amigodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu estou muito curiosa para ler esse livro, achei a capa muito linda e a historia parece envolvente

    beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Mulher, fiquei morrendo de pena de você, gostar tanto de um livro assim e se apegar e não poder saber logo do final deve ser angustiante!
    Confesso que estou ansiosa também para o lançamento, achei a premissa do livro bastante interessante, e com certeza vou ler!
    Beijos
    Camila Soares,Leitor Sagaz.

    ResponderExcluir
  16. Oi Fran, sua linda, tudo bem?
    Esse gênero me faz sofrer muito. Não li o livro a culpa é das estrelas até hoje por causa disso. Se bem que conheço pessoas que disseram que não se emocionaram com o livro, só com o filme. Eu já tenho a minha prova do livro também, mas até agora, não tive coragem de ler, confesso. E agora, depois de tudo o que você me contou, fiquei com o coração apertado e com muita vontade de estar lá do lado dele protegendo-o. Ele é só um garotinho!!!!! Que maldade. Linda a sua resenha, Fran, tão delicada e sensível, quanto a história parece ser.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Fran fofura, tudo bem?
    Recebi os primeiros capítulos do livro nesta semana, e de cara já fiquei bem curiosa, mas adiei um pouco a leitura, pois fiquei com medo de me apegar e não conseguir saber o final tão cedo hehehe

    Tua opinião me motivou a criar coragem e lê-lo! :D

    ResponderExcluir
  18. Oi Francine, eu já havia lido uma resenha desse livro e me interessei um pouco. Mas a sua resenha e os trechos que extraiu do livro me deixaram megaaaaaa a fim de fazer a leitura urgente. Já estou ansiosa agora aguardando o lançamento. Parabéns, conseguiu me cativar.

    Beijinhos
    Nara
    http://www.viagensdepapel.com/

    ResponderExcluir
  19. Oie, tudo bom?
    Eu também li a prévia e já fiquei com vontade de ler o livro todo. Gosto de sick-lit e essa história tem elementos que cativam e emocionam o leitor. Fiquei curiosa e angustiada com a aventura do Mark e tudo o que ele está passando. Contando os dias para ler o livro todo.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Minha irmã recebeu essa prévia também e adorou! Achei a história linda e trágica também. Mas com certeza seu lançamento vai causar muitos "burburinhos" por aí!

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  21. Todos estão elogiando esse livro.
    Só que pra mim ler tenho que está preparada
    Pq criança e doença já sei que no final vou chorar horrores.
    Evitando esse tipo de livro
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Mas um elogio, to louca para ler o livro. Mas ao mesmo tempo to com aperto no coração pelo cachorro rsrssrrs
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi Fran, tudo bem?
    Concordo com você, realmente sick-lit é um gênero que nos ensina muito e cada livro tem um ensinamento diferente. Gostei principalmente da determinação de Mark em realizar o seu sonho e o mimimi que ele não fez durante o livro
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Que tal deixar seu comentário?
Fico sempre muito feliz ao ler as opiniões dos nossos leitores. Se tiver um blog, informe, pois será um prazer retribuir sua visita.

Posts Relacionados
Posts Relacionados