[Lançamento] Chame como quiser

em 19.6.17
Pegue
aquela sua caderneta preciosa para anotar essa dica literária, porque vale a pena!

Se você ainda não conhece Anderson Henrique, mas aprecia uma narrativa madura e envolvente, saiba que este é um nome para se acompanhar.

Recém-saído da gráfica, com cheiro de novidade e boa literatura, Chame como quiser é o lançamento do momento (💕). 

'Bora conhecer o livro e seu autor!


Título: Chame como quiser
Autor: Anderson Henrique
Editora: Penalux | 2017 | 144 páginas
Apresentação: Histórias com enredos fantásticos, ironia e um pouco de acidez, é o que promete o livro Chame Como Quiser, de Anderson Henrique. Publicado pela editora Penalux, a obra reúne 13 contos inusitados que recorrem ao niilismo e ao sarcasmo para dissecar o cotidiano e questionar as relações humanas.
É comum classificar os livros e seus autores em correntes, escolas ou times. Chame Como Quiser é um caso à parte. Não há um apego à temática ou ao estilo uniforme nos contos que compõem a coletânea. Em “Invisível”, por exemplo, temos uma narrativa que examina a dinâmica dos núcleos familiares através da rotina de um adolescente que tem a convicção de estar desaparecendo. É um texto que se aproxima do fantástico para indagar a fragilidade dos elos sociais. Já em “O jantar”, a inclinação para o absurdo é clara: um funcionário de escritório é convidado para um jantar misterioso em que é tomado por uma celebridade de renome internacional. Vemos a ascensão do personagem à condição de divindade e seu inevitável regresso ao mundo dos mortais.
A variação nos temas e nas opções estilísticas parecem definir o livro desde a escolha do título: recortes urbanos quase jornalísticos se misturam a narrativas que apostam em tradições regionalistas; contos que remetem ao realismo mágico como “Multiplicai” figuram ao lado de textos pueris como “Belinha” ou histórias que investigam o material humano de dentro para fora como em “A obra”.
O livro sai com a chancela de Marcelino Freire. E para que não se pense que a literatura aqui é levada ao extremo da seriedade, sisuda e tradicional, uma subscrição na capa indica que este é o segundo volume de uma série de um livro só. Anderson extrapola o jogo no conteúdo, em sua biografia e nos elementos gráficos que compõem a obra.

Chame como quiser é uma coletânea com 13 contos que já tive o prazer de conhecer! Cada conto foi desenvolvido com uma narrativa que se sobressai em qualidade. O autor não poupou zelo com o conteúdo, a estrutura e a criatividade.


Este autor não é confiável. Usa máscaras, tem duplos. Inúmeros irmãos imaginários. É imaginação de sobra. E a gente que leia nas entrelinhas. Que chame como quiser o que ele faz. Na sombra, no disfarce. Nas manobras. Dobras e desdobramentos. Cuidado. Anderson Henrique é o nome desde contista. Dos bons. E você, leitor(a), a vítima. Que sorte!” (Marcelino Freire)

O
evento de lançamento se realizará no Rio de Janeiro, em 21/06! Não perca a chance de prestigiar esse momento e adquirir a obra autografada.

Amei essa capa, gente!


Sobre o autor:
Anderson Henrique nasceu no Rio de Janeiro e é formado em Letras. Possui textos publicados em coletâneas e premiados em concursos literários. Seu livro de estreia, Anelisa sangrava flores, foi publicado em 2014 pela Editora Penalux.    


Interessou-se pela obra?
Perfil do autor | Compre Chame como quiser por R$ 37,00 na Editora Penalux 
Compre Anelisa sangrava flores na Amazon, em e-book, por R$ 7,99 

Eu amo contos.

Muitas pessoas dizem não gostar deste gênero, mas tenho total certeza de que um dos motivos, senão o principal, é não encontrarem autores como Anderson Henrique. Ser capaz de escrever vários enredos diferentes, tecidos em poucas páginas, nos quais um protagonista completamente desconhecido ganha pouco a pouco sua atenção, sua estima, sua imaginação... é um talento incrível. A cada dez, doze, quatorze páginas... você é lançado em um universo e contexto novos, envolvido na vida dos personagens, jogado numa estrutura e narrativa que lhe provocam. Uau! Como negar a si mesmo essa experiência?

Vai por mim, adquira esta antologia ou a anterior do autor. 
Valerá o investimento.



Conheça a primeira publicação do autor, Anelisa Sangrava Flores, que me cativou completamente. Eu a resenhei em um vídeo e a avaliei em cinco estrelas, com louvor. Também o entrevistei sobre a antologia! Vem ver.





Aproveito para agradecer ao Anderson pela oportunidade de ler (e me encantar por) Chame como quiser. Essa antologia maravilhosa certamente ganhará muitos leitores. 

E aí, o que achou dessa divulgação?
Adoraria saber sua opinião!

Um comentário:

  1. Olá Fran!
    Que saudade de vir aqui no seu blog. Seja bem-vinda de volta!
    Adorei saber mais sobre o novo livro do Anderson, fiquei com vontade de ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Que tal deixar seu comentário?
Fico sempre muito feliz ao ler as opiniões dos nossos leitores. Se tiver um blog, informe, pois será um prazer retribuir sua visita.

Posts Relacionados
Posts Relacionados